.

Edição 464

Ainda sob os efeitos do Festival de Cinema do Rio, nesta edição um pouco do que vi, ouvi e aprendi assistindo aos filmes da mostra. E ainda...um passeio pelas novidades que chegam às lojas neste mês de outubro.

coluna-464-01

 

Vi uma princesa do povo - Apesar das críticas negativas, o filme "Diana" é simplesmente imperdível, tanto para fashionistas, quanto para admiradores da princesa. Baseado no final da vida de Diana, o filme retrata com riqueza de detalhes seu romance com o médico Hasnat Khan, com quem a princesa queria se casar, após a separação do príncipe Charles. Diana amou como qualquer uma de nós; de acordo com o filme, fazia loucuras para estar ao lado de Hasnat, embora tenha falecido ao lado de outro namorado, Dodi Fayed. Tá, Vasco, legal a princesa que amava, mas por que eu tenho que ver este filme? Para apreciar a interpretação magnífica de Naomi Watts como Diana. Em alguns momentos do filme, cheguei a ficar em dúvida se era a princesa ou a atriz. Além do trabalho magistral de Naomi Watts, o figurino também é digno de aplausos. O desfile de grifes e joias usadas por Diana está bem presente na tela grande.

coluna-464-02

 

 

 

Vi uma mulher muito bem informada - Carine Roitfeld pode ser eleita a representante máxima da frase que digo há 464 edições: Estar na moda é, acima de tudo, estar bem informado. O filme que retrata a ex-editora da Vogue Paris durante a confecção de sua própria revista, a CR Fashion Book, mostra uma mulher atuante, bem informada e, sobretudo, gentil. Em nenhum momento, Carine aparece dando ataques de estrelismo, gritinhos, ou coisas do gênero, como vemos diversas celebridades no Brasil fazendo. Ao contrário, bem humorada, ensina: A moda não pode ser mais importante do que a pessoa. Ao nos encontrar, as pessoas devem se impactar ao dizer "como você está bem", e não perguntar diretamente "o que está vestindo?". Aguarde com ansiedade a estreia em sua cidade de "Carine Roitfeld-Mademoiselle Vogue".

 

 

 

coluna-464-03Vi uma atriz se consagrar - Eu que já era fã de Cate Blanchett, neste Blue Jasmine, de Woody Allen, tive vontade de fazer uma loucura, sei lá, me atirar de algum lugar para celebrar a interpretação de Cate. A rica decadente, papel de Cate, não perde a pose, nem quando tem que morar na casa simples da irmã por ter perdido tudo, após as falcatruas do ex-marido terem vindo a público. Jasmine (cujo nome de batismo era Jeanete) segue desfilando grifes, apesar das perdas; chega à casa da irmã com um conjunto de malas Louis Vuitton, que afirma não poder vender, pois ali estão impressas suas iniciais. Eu, que já não gostava de julgar ninguém nem mensurar o sofrimento alheio, vi que a perda pode, de fato, levar à loucura. Seja a perda de um emprego, de um namorado, do status social. Há momentos em que a personagem parece não acreditar que perdeu tudo, fala sozinha, divaga, etc. Excelente filme para quem acha que pimenta nos olhos dos outros é refresco. Conto os dias para que Cate Blanchett leve o Oscar de melhor atriz em 2014.

 

coluna-464-04

Vi uma estilista trabalhar duro - Logo que Frida Giannini assumiu a direção criativa da Gucci, suas coleções não foram bem recebidas pela crítica. Mas, como o passar do tempo, o trabalho de Frida virou sucesso de público e de vendas. Assim como Carine Roitfeld, Frida trabalha sem estrelismose e parece super entrosada com sua equipe. Os bastidores de um desfile de uma marca internacional como a Gucci, a escolha das roupas e acessórios que serão apresentados, a seleção dos modelos, tudo isso aparece no documentário " The Director-uma criadora na Gucci". Mais um filme imperdível para quem gosta de moda.

 

Vi umas Havaianas super estilosas - Chega às lojas nesta terça-feira, dia 15 de outubro, a coleção Adriana Barra para C&A. Destaque para as Havaianas, cada uma mais estilosa do que a outra. O problema é o preço: R$ 49,90. Se formos às lojas ou quiosques das Havaianas, poderemos encontrar modelos lindos por até R$ 30,00. 

coluna-464-05

Vi uma maquiagem super bacana - Finalmente, nosso enviado especial do site foi ao sul e me trouxe a maquiagem Isabela Capeto para Panvel. Destaco os esmaltes, os batons e o blush. Lamento não termos loja física da farmácia Panvel aqui no Rio, pois há muitos produtos bons e baratos de fabricação própria.

coluna-464-06

coluna-464-07

 

 

Vi um pó compacto que promete - Recebi o release, mas ainda não experimentei o pó compacto finalizador Ready Touch Up Veil FPS 15 da bareMinerals. Já estou ansiosa para comprar, pois no Rio 40ºC (com sensação térmica de 50ºC) temos que ter 500 aparatos para sobreviver, inclusive uma maquiagem resistente ao calor.

 

 

Leia também as outras edições

.

Sobre Flávia

flávia-new siteFlávia Vasconcellos já viu reis e rainhas, é jornalista, editora-chefe e colunista do site Falando de Moda.
Saiba mais...

Parceiros

banneratalhocultura120